segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Tendências da decoração para 2009.


É um belo título e deveria vir acompanhado de uma série de sugestões devidamente embasadas mostrando o que será "in" na decoração em 2009.
Mas acontece que na decoração esse papo de tendências ou "agora está usando" é uma coisa que você precisa pensar muito antes de ir embarcando.
No vestuário esse conceito é antigo e dificilmente será abolido, mas na decoração não é tão simples assim.
Uma calça é muito menos durável do que um sofá, por exemplo.
Paredes podem ser pintadas, mas não é uma coisa que você vai querer fazer a cada 6 meses.

Uma coisa é você ler, ver e conhecer propostas novas para ver se alguma se encaixa à sua personalidade e se é viável realizá-la, outra é você sair copiando tudo só porque dizem estar na moda.

Vejamos: qual é a vantagem de fazer uma decoração copiada de uma outra casa ou de uma revista?
Difícil responder.
Medo de errar? Medo de não estar na moda? Medo de tudo?
Ora, decoração é simplesmente um reflexo do seu modo de vida. Não dá para ter medo.

O principal elemento de uma boa decoração é a personalidade.
Você pode ter um ambiente muito interessante com objetos baratos e simples ou uma decoração extremamente maçante com objetos caros.
E, infelizmente, os ambientes maçantes estão vencendo.
Deve ser porque estão na moda.

Arquitetos e decoradores estão criando dentro de um padrão uniforme, parece que estão com medo de errar.
Para comprovar, compre uma revista de decoração e dê uma olhada.
Depois compre mais uma e dê outra olhada. Saia nas ruas e observe as casas.
Observe os condomínios.
Tudo parecido.
Pensando melhor, não compre. Olhe pela internet para não gastar seu dinheirinho com mesmice.

Hoje, dezembro de 2008, eles descobriram a cor berinjela para pintar paredes.
Os defensores vão dizer "mas é lógico, todos estão sintonizados".
Seria bom se fosse verdade...
Mas quando o assunto é residência, falta ousadia.
Falta proposta, falta criação, falta pensamento.
De quem faz e de quem compra.

Do que adianta estudar um monte, aprender sobre os grandes mestres, movimentos, história da arte etc se a inspiração está vindo de uma banca de jornal?

Crédito das fotos: striatic e knackeredhack

0 Faça um comentário: