sábado, 25 de outubro de 2008

Quer apostar que eu sei a cor do seu carro?

Se o seu carro é novo, digo sem medo de errar: é prata.

Há algum tempo as ruas estão sendo invadidas por carros na cor prata. É impossível não notar o fenômeno.
Comecei a formular uma teoria com uma lógica interessante.
O brasileiro escolhe carros na cor prata porque a natureza aqui é muito farta em cores.
Temos praias, frutas em cores cítricas e berrantes, orquídeas, sol o ano todo, enfim somos privilegiados.

Não precisamos de cores nos nossos carros, ao contrário dos europeus, que têm uma paisagem cinzenta na maior parte do tempo, prédios antigos cinzentos, um inverno longo, a neve que só é bonita para ver e não para conviver.
Por isso eles compram carros coloridos, para levar um pouco de cor para as ruas. Até carro na cor framboesa você vê.
Amarelo então...

É assim que se começa um conceito sem fundamento.
Alguém escreve alguma coisa, outro lê, passa adiante, cai na mão de algum formador de opinião que tem um canal em um veículo com uma penetração forte e em algum dia, que ele está sem assunto melhor, coloca uma teoria dessas com ares de grande descoberta.

A razão dos brasileiros comprarem carros prata, infelizmente, é bem mais prosaica: são mais fáceis de revender.
Seria muito mais confortante saber que o brasileiro coloca o seu gosto acima de qualquer outro motivo na hora da escolha.
Não nos ensinaram assim.
Triste.

7 Faça um comentário:

Anônimo 25 de outubro de 2008 19:10  

Bom, ao escolher a cor do meu carro na agência eu só tinha três opções: branco, preto ou prata. Para escolher qualquer outra cor eu teria de desmbolsar + algumas centenas de reais. Eu, certamente, não escolheria entre essas três cores disponíveis. Aqui em nosso país a escolha das cores fica por conta das montadoras e não dos clientes.

*PATH PIMENTINHA* 26 de outubro de 2008 10:44  

Concordo com você! Há 3 anos comprei um carro prata porque fui forçada! Meu marido pressionou-me dizendo que não aparece os arranhões e também é mais fácil revender. EU QUERIA PRETO! Hoje tenho um carro que gosto muito, mas detesto a cor e sempre me lembro que queria um preto ao invés desse prata sem sal. A sorte é que agora tá na hora de trocar e eu vou por cor no trânsito, se Deus quiser!
Amei seu blog!Passa no meu!
Bjim,

margaret 27 de outubro de 2008 14:00  

O meu carro é prata e em nenhum momento eu pensei na hora de revender...
eu gosto do prata, é neutro, é bonito, nao aparece muito a sujeira...
ja tive branco/preto/vermelho/outro de uma cor de burro quando foge e sempre achei mais bonito o prata...e hoje em dia tem pratas com alguns pigmentos que dao um toque....
Entao no meu caso a cor prata foi por gosto mesmo...verdade que existem muitos...e que muitos compram por outras razoes...

Vivian 27 de outubro de 2008 14:08  

vc acertou. Meu carro é prata, novinho !!! rs

bjks

Sylvana Marques 27 de outubro de 2008 23:13  

Eu tenho preferência pelo prata e verde musgo,acho o prata bem contemporâneo,p mim remete a velocidade a foguetes a tecnologia na falta do parta amo as cores escuras...É interessante realmente esse lanca de gostos e da demanda...
Um beijo
Sylvana!

evinha 5 de novembro de 2008 09:12  

rs rs rs.... eu detesto carro prata... rs ... o meu é novo e é VERMELHO!!!!! rs...

Flávia Lima Santos 11 de novembro de 2008 21:20  

Nosso carro era um azul..perolado lindo e eramos felizes assim, virava ponto de referência..de longe já sabiam que nos tinhamos passado, mas meu marido amava e como amava aquele azulzinho.
Ocorre que chegou a hora de revender e foi uma droga...triste mesmo, mas quando a gente tenta remar contra a maré é pior ainda.