domingo, 28 de dezembro de 2008

As tendências da decoração 2009

Montagem sobre foto de austinevan

De agora, final de 2008, até começo de 2009 você vai ler muito sobre as tendências da decoração para o próximo ano.
Segundo o Comitê Brasileiro de Cores, as tendências estão divididas em 4 perfis que são os seguintes:

- Os "ecotons", para os que gostam de passar uma imagem de sustentabilidade, com predominância de tons verdes, uso de madeira reflorestada, eucalipto, rami, juta e sisal.
- Os "ludis", para os que preferem objetos de formas inusitadas e cores vivas, com grandes estampas, personagens de desenhos animados, adesivos, pichações e móveis de laca.
- Os "neo golden", para os novos ricos, com o uso intenso do dourado, mas agora na versão envelhecida, e da prata, a grande novidade que invade toda a casa, inclusive nas paredes, pois combina com tudo.
- Os "maxmini", uma coisa indefinida que concilia extremos. Aqui o negócio é usar muita transparência, luzes e vidro (note que o vidro também é transparente). A sugestão é usar grandes peças de revestimento e pequenos pontos de leds e de cristais.

Como você pode notar, tudo muito superficial e como se fosse fácil sair trocando os móveis e pintando a casa como quem troca de roupa...
Como você é uma pessoa esperta e quer se aprofundar no assunto, veja como as tendências são formuladas:

Primeiro, uma breve explicação de como funciona:
- É mais ou menos como uma Bolsa de Valores, funcionando na base de palpites e apostas de pessoas que quase sempre erram em suas previsões (vide a crise).
Um grupo de pessoas, influentes na mídia, dá a sua opinião baseada em interesses, como por exemplo, da indústria de móveis ou dos fabricantes de tintas para os quais prestam consultoria e elaboram projetos. Normalmente esse grupo tem o pomposo nome de Comitê ou Bureau. Essa é uma das formas.
- Uma outra forma, essa muito mais frequente, são os "chupões" dados nas feiras e mercados internacionais. Hoje em dia está muito mais fácil, pois ninguém precisa ir até Milão ver o que está sendo vendido lá, basta apenas dar uma busca no Google e pronto.

Segundo, como essas informações chegam até você:
- As revistas de decoração e os cadernos de jornais, com prazo de fechamento curto, pessoal reduzido e sem muito assunto no final de ano, dão uma compilada nessas informações, misturam tudo e colocam umas "criações" das produtoras para parecer conteúdo original.
Por exemplo: se está rolando o papo que o dourado está na moda, basta pegar uma daquelas horrorosas araras coloridas que são vendidas em lojas para turistas e pintar com um spray Color Gin na cor dourado. Aí coloca-se a arara dourada em um ambiente com uns móveis bem caros e está pronta a matéria. Depois disso, basta olhar a foto e, junto com sábias instruções dos Comitês e decoradores renomados, inventar um texto em cima.

Terceiro, como o que está escrito em revista tem muita credibilidade, os blogs que falam de decoração começam a copiar essas dicas das revistas e rapidamente são indexados no Google.
Aí, você vai no Google e digita "tendências para decoração 2009" e ele lista um monte de blogs e sites com o tema para você dar uma espiada.

Um método bem científico, não é?

9 Faça um comentário:

Talma 28 de dezembro de 2008 15:46  

Ahahahah, tudo na medida exata do consumidor-alvo.
Adorei o post.
Detalhe: o nome maximini/ minimaxi está trocado. Graaaaande coisa, eu sei, mas confesso que fui até o site que vc linkou, porque eu não acreditei que pudesse existir tal comitê....rssss.
Inté!!

Ana B 28 de dezembro de 2008 16:38  

Mas eu fico perguntando e quero entender: por que existe flor e até raça de cachorro da moda? A tendência 2009 é cachorro peludo e mimosinho, chega de pittbull etc, etc.... Então estamos todos com um lhasa em punho... Tá certo, entendo a indústria e todo o povo que quer vender, entendo a urgência das redações, sou jornalista e copiamos mesmo, reproduzimos sem pensar nas consequências.... mas o duro é todo mundo aceitar, inclusive eu. As margaridas e os srds da vida não valem mais nada.... a não ser que...........

Sabrith 28 de dezembro de 2008 17:02  

Mais do que as tendências eu gostei da explicação científica...
Quanto a tendências... faço as minhas, de acordo com meu bolso, ou minha bolsa rsrsr
Beijokas

Cris Ventura 28 de dezembro de 2008 22:19  

Oi Carlos! Feliz 2009!!! Com ou sem tendências, espero continuar lendo suas ótimas mensagens ;-) Bjs!

Flávia 29 de dezembro de 2008 10:14  

Carlos,
que em 2009 você continue nos brindando com sua visâo crítica e clara da realidade.
Beijo

bia fá 29 de dezembro de 2008 13:36  

pior que tem cachorro da moda sim..por uma propaganda um filme??!?!
fala serio heiN!?
ô povo sem opinião própria hein?!hum?
adorei seu post! bjos

Rossana 30 de dezembro de 2008 07:04  

Quando vejo as tendências de moda ou decoração, fico torcendo para que não tenha nada de que eu goste muito. Quando algo que você realmente gosta cai na categoria "tendência", significa que você será bombardeado a todos os momentos com aquilo, até cansar e talvez mudar o próprio gosto!

Enfim, lhe desejo um 2009 "tendendo ao maravilhoso"!

Paula 30 de dezembro de 2008 15:20  

Gostei do post. COmo sempre bem sincero e desmistificador.

Vc só esqueceu um detalhe: as novelas da Globo. Elas difundem a moda no vestuário e na decoração.

tem coisa mais chata do que entrar numa loja e a vendedora dizer: "Tá se usando na novela das oito", ou "É o sofá da Fulaninha", sem vc fazer nem idéia de quem seja a Fulaninha da novela global...

Um 2009 cheio de saúde pra vc!

Alline Barbosa 2 de janeiro de 2009 10:54  

Adoreii o post. São coisas que realmente acontecem em qualquer setor mas poucas tem coragem de falar de como tudo é assim simples e as pessoas acham o maior tudo, como se um personagem divino se inspirou nessas tendências. Trabalho com moda e atualmente eles "fazem" a tendência dos principais estilos, mas não tem um estilo predominante, atualmente são apenas releituras modernas do romântico, folk, gótico, rock, moderno e sexy basicamente isso, então daqui a pouco as tendências nem vão mais existir, pois todo mundo vai usar o que quiser porque as marcas vão fazer um pouco de tudo.

Bjos
Feliz Ano Novo e sucesso!

Aline Barbosa
http://uckzy.blogspot.com/