quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Para decorar a consciência.


A foto desta postagem é conhecida. A imagem é belíssima e de propriedade da National Geographics. Achei-a em um álbum do PinFotos e linkei para cá.
A pergunta é: você a colocaria na sua sala?

Há algum tempo, uma postagem no blog Canto do Feng Shui, da Cris Ventura, me chamou a atenção pois falava sobre fotografia.
Como um completo ignorante no feng shui, venho acompanhando o blog dela para aprender.
Quando desconheço um assunto, evito comentar.
Mas, como ela falava de fotografia, comentei. E ela, gentilmente, fez uma postagem esclarecedora sobre o assunto.
E estou até hoje pensando sobre isso.

Como há pouco também fiz uma postagem falando do uso da fotografia na decoração, acho interessante ampliar o assunto.
A fotografia é um registro fiel de dois momentos distintos simultâneos: do tema fotografado e da visão do fotógrafo.
Quando mostrada, acontece um terceiro momento: a visão do espectador. Aqui o registro pode deixar de ser fiel.

Como muito bem explica a Cris, a fotografia transmite energias ou, eu prefiro, provoca sensações.
E essas sensações podem variar de acordo com a visão que cada pessoa tem do mundo e da vida.
Uma fotografia que retrata a pobreza pode causar uma sensação de desconforto em um grupo de pessoas, pela associação da pobreza em si como algo negativo.
Um outro grupo pode receber essa mensagem de uma outra forma, enxergando, por exemplo, a necessidade de lembrar que a pobreza é o resultado de ações que não tomamos.

Pelo jornal, recebi uma foto que é muito mais chocante: o Governador de São Paulo, José Serra, todo feliz, ao lado do espantoso Ministro Guido Mantega, destinando um socorro bilionário à industria automobilística. Essa, com certeza, é uma foto que eu não pedi para ver e não deveria existir na parede, no jornal, em nenhum momento. Mas eu vi.
A foto desta postagem tem o mérito de me encaminhar no sentido oposto ao deles: asseados, cultos, ricos e hipócritas.
Só por isso ela já me faz bem.

É um assunto intrigante.

2 Faça um comentário:

Talma 20 de novembro de 2008 12:34  

Numa de minhas postagens, havia uma foto mostrando um espaço para jardinagem e, na parede desse espaço, havia três lindas fotos de suculentas.
Aqui o post:http://talma-talma.blogspot.com/search/label/jardinagem
Depois dessa postagem, eu passei a olhar com mais carinho para as fotos na decoração. Até passei a olhar fotos no flickr para, quem sabe um dia, fazer um escritório ( home office para quem não ligou o nome à pessoa) para o marido com pequenas fotos de cavalos, em pequenos quadrinhos, uma vez que isso tem tudo a ver com a gente.
Acho a idéia linda.
Existem fotos que são verdadeiras obras de arte e tratadas como tal, com identificação, numeração e coisa assim - coisa dispensável prá mim, mas...
Eu gosto das que me transmitam coisas boas (sensações,energias, vibrações, o que o valha). Mas isso é muuuito pessoal.
Inté, moço!

Mara Fernanda 20 de novembro de 2008 13:01  

adorei o post.
tbm aprendi um pouco com a Chris do Canto do Feng Shui, e realmente essa relação da foto com o memento vivido é muito interessante. eu postaria tranquilo essa foto na minha casa! Adoro fotos, e acho maravilhoso o olhar dessa garoto. Fotografia é muito pessoal, assim como a roupa que você usa.